Merendeiras de Itaperuna, Paraíba do Sul, Pinheiral, Trajano de Moraes e Três Rios são as protagonistas do projeto Alimentação Escolar Saudável

bannermerenda1

Encerrando o ano de 2015, o Projeto Alimentação Escolar Saudável RJ realizou seminários de mobilização social e entrega de certificados de capacitação as merendeiras das escolas municipais que aderiram ao projeto no decorrer do ano.

Nestes seminários, estiveram presentes representantes do Sebrae/RJ, bem como de seus gestores regionais, representantes da Firjan, CTS Vassouras, Senai e Sesi, além de representantes do Planeta Orgânico, gestor do Projeto Alimentação Escolar Saudável RJ.

Em todos os municípios, os depoimentos relativos aos impactos da iniciativa foram positivos. Desde os Prefeitos, Secretários e Diretoras de escolas, até – e principalmente –  as merendeiras, importantes protagonistas deste projeto

Projeto Alimentação Escolar Saudável

O aumento da obesidade e a comprovação que hábitos alimentares durante a infância impactam a saúde de uma pessoa por toda sua vida, levou a mudanças nas políticas públicas e na cadeia de fornecimento de alimentos para merendas e cantinas escolares. Desta forma, a escola é um ambiente essencial para que produtos de qualidade e com critérios sustentáveis sejam incluídos nas refeições. Existem ações em andamento no Brasil de diversas formas, desde hortas comunitárias até programas de impacto nacional.

Uma iniciativa SEBRAE/ Sistema Firjan/ CTS Senai/ Planeta Orgânico, o Projeto Alimentação Escolar Saudável tem por missão contribuir para a saúde das crianças e jovens nas escolas do Estado do Rio de Janeiro através da promoção do desenvolvimento local e regional e da alimentação escolar saudável, beneficiando assim os pequenos negócios envolvidos na cadeia produtiva de alimentos e bebidas.

Um dos objetivos do projeto Alimentação Escolar Saudável é a integração destas ações dentro dos municípios do Estado do Rio de Janeiro, contemplando indicadores que favoreçam a análise e mensuração de dados.

Tais ações, promoverão ainda o desenvolvimento local de municípios no Estado do Rio de Janeiro, através da articulação de produtores e governos municipais na compra de produtos saudáveis e sustentáveis, além de mobilizar os diferentes atores da cadeia produtiva de alimentos como por parte das compras públicas, fortalecendo a agricultura familiar, pequenos e médios empreendimentos, um dos focos do projeto Alimentação Escolar Saudável.

Em maio de 2015, durante o Green Rio, foi lançado o Prêmio Alimentação Escolar Saudável RJ, que contou com a presença dos Prefeitos de Itaperuna, Três Rios, Paraíba do Sul, assim como do Secretário de Meio Ambiente de Pinheiral e das Secretárias de Educação de Três Rios, Paraíba do Sul. Trajano de Moraes também aderiu ao Projeto Alimentação Escolar Saudável.

foto-prefeitois

Como parte de um plano de visibilidade, os municípios que melhor atenderem a estes indicadores e com sucesso em suas políticas de compras públicas serão premiados durante o Green Rio 2016, evento na área de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental.

Estão todos animados para virem ao Green Rio em maio 2016, em caravana, quando serão entregues os prêmios Alimentação Escolar Saudável RJ.

No cenário atual do país, com uma nuvem cinzenta de crise e recessão pairando sobre o país, é um alento e uma esperança testemunhar a satisfação de mais de 400 merendeiras por terem seu trabalho reconhecido e valorizado.

É gratificante e inspirador fazer parte deste projeto!