Projeto da Merenda Vegetariana é sancionado em Florianópolis

Merenda-VegetarianaAprovado em junho deste ano pela Câmara de Vereadores, o projeto que implementa a merenda vegetariana na rede municipal de educação virou lei após sanção do prefeito.

Assim como existe as merendas sem lactose e glúten, a nova lei aproxima a escola do ambiente familiar. “Se a escola é a continuidade da educação de casa, não podemos impor uma dieta com carne para crianças e adolescentes de famílias que não fizeram essa escolha”, justificou o vereador Afrânio.

Atualmente existem cerca de 40 mil pessoas que abdicaram a carne da sua alimentação em Florianópolis, segundo dados da Sociedade Vegetariana Brasileira.

Para Daniel Ribeiro, geógrafo, ativista do Movimento pelos Direitos dos Animais e voluntário da ONG ACAPRA (Associação Catarinense de Proteção aos Animais) “É um passo importante para que haja mais iniciativas como essa que estimulem (e popularizem) a dieta vegana, bem como insira a discussão dos Direitos Animais (e assuntos afins como meio ambiente e saúde humana) nas escolas públicas”.

Acesse a publicação da lei 9840/15 no Diário Oficial aqui.